Minha religião é melhor ou pior que a sua?

Cristão, judeu, budista, espírita; quais destas (ou outras) religiões são melhores ou piores do que as outras?
Encontrou uma resposta? Se você disse que a sua religião, independente de qual seja, é a melhor dentre as demais; você está errado! As religiões não podem ser comparadas em termos de verdade ou de serem corretas ou não.
Não importa qual seja sua religião ou o local onde frequenta, nós sempre seremos os mesmos. Atualmente (e infelizmente) ainda ouço pessoas dizendo que a religião a qual seguem é a correta ou então tentam “converter” as outras pessoas a seguirem a mesma religião. Por que as pessoas ainda vivem com estas viseiras e se obrigam a acreditar que apenas uma religião é a correta?
O ser humano é realmente fascinante, sempre quer fazer com que seja o correto e os outros estejam errados. Deus, Alá (e vários outros nomes de tantas religiões do mundo) nos deu um presente maravilhoso chamado “Livre Arbítrio”, como a grande maioria deve saber, o direito de escolher qual caminho iremos seguir e como o atravessaremos.
Nenhuma religião é melhor (ou inferior) do que outra, elas estão ao alcance de todos e para todos aqueles que desejam seguir suas doutrinas e ensinamentos. Por que existem tantas religiões? Isso realmente é uma questão muito difícil de ser respondida; mas, assim como as pessoas possuem várias formas e pontos de vistas sobre um mesmo assunto e situação, as religiões possuem suas doutrinas e ensinamentos, os quais julgam como corretos para aquele grupo de pessoas.
Nunca julguem outra religião ou aqueles que a seguem como serem errados ou até mesmo como “estranhos da sociedade”. Sobre meu ponto de vista, uma religião não está errada; às vezes, errados estão aqueles que a seguem. A religião deve nos proporcionar paz, tranquilidade, nos ensinar amar ao próximo, aos seres e a nós mesmos; como uma balança que nos equilibra em momentos de dificuldade. Eu penso que a pessoa que não se sente bem em estar naquela igreja, templo, terreiro ou outro local que seja, e se veja obrigada em estar lá e não lhe agrada estar no local está totalmente errada em forçar continuar seguindo um caminho que não é o certo para ela.
Uma coisa que muitos confundem, é a religião e o fanatismo; não devemos culpar a religião por seus “cânceres seguidores fanáticos”. Câncer é uma palavra muito forte? Que tal um tumor? Tudo que é demais faz mal, quantas pessoas não morrem por serem de outra religião? Por que temos que ligar a TV ou abrir o jornal e ver o grande número de mortes causadas por uma chamada “Guerra Santa”?
Para que a sociedade consiga viver em harmonia, não devíamos começar diminuindo o fanatismo destas pessoas, a ponto que evitássemos estas desgraças que são “em nome do Senhor”?
Nenhuma religião é e nunca será melhor ou inferior à outra, vocês não devem se envergonhar em assumir “Eu sou desta religião”, é um bem que você faz para si próprio. Não se deixe ser rebaixado por outros que dizem coisa que não devem receber atenção; você estando em paz consigo mesmo e se sentindo bem no caminho que segue não deve se preocupar com estes tipos de pessoas, aliás, elas estão se atrasando e receberão as devidas lições do “outro lado”.
O Baúzeiro agora se despede e lhes deseja uma ótima Segunda-Feira de uma semana que promete muitas coisas!
“As religiões não são nada mais nada menos que caminhos diferenciados para um único destino; onde as paisagens e pessoas que vemos, sempre serão diferentes.”
Escrito por Felipe M.

2 Response to "Minha religião é melhor ou pior que a sua?"

  1. Rosane says:
    25 de maio de 2010 16:13

    A religião não deveria ser motivo de discussões e de batalhas, mas sim de fé e união, pois o Criador é único. Mas há muitos que tentam dividi-lo.
    Bjks

  2. bias2 says:
    7 de janeiro de 2011 17:29

    Concordo.
    No quesito guerras religiosas é ridiculo matar para "provar quem tem o melhor Deus"
    como a Rosane disse o criador é unico.
    isto é que nem crianças brigando pra ver quem tem o melhor amigo imaginário.

Related Posts with Thumbnails