Hera, grande deusa e esposa

Hera (para os gregos), Juno (para os romanos) é uma deusa olímpica não possuidora de um dos 12 tronos divinos. Pertence aos grandes seis, irmã de Héstia, Deméter, Hades, Poseidon e Zeus; filhos do titã Cronos com a titã Réia.
Foi engolida por seu pai após o nascimento e salva por Zeus; Hera era uma a deusa altamente venerada pelas mulheres, além de suas irmãs, ela era a deusa superior. Casou-se com Zeus e com ele possuiu alguns filhos, entretanto, ela adquiriu algumas personalidades de Gaia (sua avó); dentre elas, estava o desejo de vingança e a força com qual os realizava, nunca se cansando de perseguir as amantes de seus maridos e os filhos "bastardos".
Zeus sempre manteve relações extraconjugais quando casado com Hera. Todas as histórias a qual Hera é citada, ela sempre está caçando as amantes de seu marido e sempre planejando uma forma de matar as crianças nascidas do relacionamento proibido, uma das curiosidades é de que, apesar de todos seus esforços, as crianças sempre sobreviviam de sua fúria, seja por "sorte" ou pela ajuda de outro deus (ou deusa).
Atributos de Hera:
Hera é a deusa do casamento, da família, protetora das mulheres casadas, da maternidade, representação feminina do céu, personificação do ódio e do ciúme e inicialmente, deusa da beleza.
Como era representada?
Assim como suas irmãs, nunca era representada nua. Possuía sempre uma túnica cobrindo seu corpo, algumas vezes, se encontrava com os seios à mostra. Muitas vezes sentada em algum trono e com uma coroa igual à de suas irmãs, porém, feita de ouro.
O pavão, a vaca e a romã eram seus símbolos, pois representam respectivamente a orgulho e vaidade, prosperidade e por fim, a abundância e fertilidade.
Templos de Hera:
Hera possuiu ao todo, sete templos em todo o território grego. O mais importante era o da região de Olímpia. O templo possuía uma estátua da deusa sentada em um trono, e em escala bem menor, Zeus sendo representado como um guerreiro.
Algumas histórias contam que Hera o escolheu como parceiro, não havendo uma suposta escolha vinda da parte de Zeus; onde muitas histórias contam como se ele houvesse escolhido ela como esposa.
Hera e Afrodite:
Hera, uma das três primeiras deusas, foi considerada a deusa da beleza. Quando Afrodite nasceu, o título de mais bela foi entregue a jovem deusa; por este motivo, Afrodite é a maior rival de Hera, tanto por ser deusa gerada da traição de Zeus, assim como por ter retirado o título de mais bela.
Hera e Hermes:
Hermes sem dúvida alguma é o único deus que não sofreu nenhum tipo de ataque de Hera. Quando nasceu, Hera se vingou de sua mãe, mas notou que o jovem deus era especial; ela então o aceitou como filho, o tratava de forma que nenhum outro gerado pela traição de Zeus, entretanto, alguns historiadores afirmam que este "cuidado" era devido à interesses da deusa. Pela velocidade de Hermes, ele poderia vistoriar qualquer relação de Zeus e avisar rapidamente Hera sobre o ocorrido, mas para isso, era necessário que ele a amasse como mãe, e ela, por sua vez, tratá-lo como filho.
Hera e Hefesto:
Hefesto é um dos poucos filhos de Hera. Por ela ser deusa da beleza (ainda nesta época), não suportava que seu filho não fosse extremamente belo e perfeito; assim, ela o atirou para fora do Olimpo.
Quando Hefesto cresceu, se incumbiu de criar doze tronos de supremo poder para doze deuses olímpicos, entretanto, ele criou um 13° trono, este destinado a sua mãe. Uma armadilha a qual apenas ele poderia desarmar. Pelo despero de ficar aprisionada pela eternidade, a deusa se redimiu dos atos que havia feito com ele e implorou para que a libertasse, atacando diretamente o orgulho que ela tinha.
Significados para sua aparição para humanos:
Hera detestava descer do Olimpo e se misturar com os humanos, quando descia, se cobria totalmente, deixando apenas seus olhos à mostra, para que nenhum homem se apaixonasse por sua beleza, afinal, ela era casada.
Quando surgia para um homem, ele seria dotado de ciúmes e raiva amorosa, muitas vezes doentia.
Quando surgia para uma mulher, significaria que ela havia sido abençoada e seria ótima esposa e mãe.
Hera nos dias atuais:
Hera novamente é venerada por rituais pagãos, sendo venerada principalmente por mulheres casadas, em pedido de ser uma boa esposa e mãe.
Evocada nos casamentos e para a benção do casal e principalmente da mulher.
Tenham uma ótima Segunda-Feira e que Hera abençoe a todas as mulheres e suas crianças!
 Escrito por Felipe M.

1 Response to "Hera, grande deusa e esposa"

  1. Anônimo Says:
    1 de janeiro de 2014 15:18

    Isso sim é um trabalho!!
    Não achei outro igual!!


    Muitos Parabéns!!!!

Related Posts with Thumbnails