Não estou satirizando, são mesmo os Sátiros!

Sátiros! Seres tão místicos e tão famosos, seja em livros, filmes, contos ou até mesmo em nossas maiores alucinações.
Sempre são citados em lendas ou histórias, porém, você sabe o que é um sátiro?
Sátiros são seres místicos que possuem conexão direta com a Natureza e com os seres humanos; existente tanto na mitologia e crença grega, assim como na celta; o qual recebe o nome de fauno.
Como é um sátiro?
Sátiros são seres masculinos, metade homens e metade bode; até a cintura, possuem patas ovinas e acima, já possuem a forma humana, com o tórax, braços e cabeça humana, apresentando pequenos chifres.
Apreciadores de muito vinho e música, exímios corredores e músicos, especialmente em flautas. Seja para gregos ou celtas, sempre temiam encontrar com estes seres. Apesar de serem ótimos para ajudar humanos, adoravam pregar peças para se divertirem. A palavra "sátira" é derivada pelas peças que eles pregavam em humanos; o que mais era constado era assustar viajantes que se aventuravam nas florestas durante a noite, de uma forma que o susto se tornasse em uma fobia; por estes que saiam aterrorizados das florestas, nasceu o "pânico" nas pessoas; pois o deus Pã (criador dos sátiros) permitia os atos e muitas vezes os praticava.
Outro fator que se destaca muito é o fato de serem extremamente ligados ao sexo. Uma de suas diversões eram a caça as ninfas, onde corriam as florestas em procura as ninfas, fazendo sexo repetidas vezes e se submetendo a orgias e várias parceiras, uma seguida da outra; também se utilizavam do sexo com cabras para o "alívio" da sensação de desejo.
Ligação com o ser humano:
Apesar de ser um defensor da Natureza em geral, principalmente dos animais silvestres e campestres, o sátiro está ligado ao ser humano. Neste caso, ligado única e exclusivamente ao homem; onde para ele, o sátiro representa o vigor da sexualidade, o desejo sexual, a maturidade, vitalidade e a excitação ("tesão").
Por que não existem sátiros fêmeas/mulheres?
Como citado acima, sátiros são ligados única e exclusivamente aos homens. Um sátiro nasce de uma relação sexual entre uma mulher e um sátiro; na maioria dos casos, as ninfas é que eram as escolhidas; raramente se encontra mais de 3 nascimentos de sátiros por simples mulheres.
Esta escolha ocorre pela "genética mitológica" (por assim dizer), o sátiro tem suas relações com as ninfas, como toda mulher, ela engravida desta relação e após o período de gestação, nasce a criança. Esta criança tem a probabilidade de ser menino ou menina, sendo assim, ao nascer menino, será um sátiro e logo após desmamar, é enviado ao grupo dos sátiros para viver com os seus semelhantes; quando nasce uma menina, está é uma bela ninfa, a qual viverá com a mãe e suas semelhantes (de aparência humana).
Existem pequenas diferenças entre os sátiros e os faunos, aqui estão elas:
Sátiros para os gregos:
Seres ligados a Natureza e ao homem, extremamente conhecido e participava dos cultos ao deus Dionísio.
Eram respeitados e temidos pela forma que agiam.
Faunos para os celtas:
Seres ligados a Natureza e ao homem, porém, não eram tão venerados conhecidos; por possuírem uma parte humana, não eram considerados seres mágicos puros.
Ficavam abaixo dos Elfos na hierarquia mágica.
Raramente invocados ou evocados.
É claro que existem semelhanças:
Ambos simbolizavam os mesmo significados para o homem, eram ligados a Natureza e possuiam uma ligação humana.
Para os celtas, eram temidos se chamados, pois jamais se sabia o que fariam com os humanos e qual seria a proporção de suas zombarias.
Para ambos, era necessária uma bebida para que eles não zombassem o humano que lhes chamou; para os gregos, era oferecido o vinho, para os celtas, alguma bebida doce e de teor alcoólico. Desta forma, saciaria a sede dos sátiros e demonstraria que você os chamou para alguma necessidade e não para alguma inutilidade.
Como detectar sátiros?
Eles vivem especialmente em matas densas e florestas, podem também habitar clareiras e campos; sempre que ao entrar em locais como estes e sentir tonturas exageradas "surgidas do nada", se perder inúmeras vezes, ouvir vozes e risadas que lhe assuste ou lhe confunda até mesmo aparição de vultos; é uma forma de se identificar se sátiros estão junto à você. Lembre-se que eles fazem isso para diversão própria, porém, esta diversão é uma forma de espantar o "invasor" da área ao qual estão designados a defender. Muitos que entram nestes locais com intenções de caça, destruição, etc., muitas vezes irão se deparar com isso, especialmente durante a noite. Eles estão ali para defender a floresta e a vida que ali habita, seja animal ou vegetal.
Para evitar estes problemas, entre com pensamentos positivos e demonstre que não está ali para prejudicar a vida daquela área, faça também um pedido em voz alta pedindo aos sátiros a licença para poderem entrar em seu terreno.
Se você entrar com boas intenções, não presenciará zombarias e gozações vindas deles; muito ao contrário, você sentirá extrema leveza e prazer por estar no local, assim como uma melhor "degustação" do ambiente e vida a sua volta.

A parte de mitologia da semana fica por aqui, peço desculpas pela demora da postagem, mas aqui está!
Enormes abraços e tenha uma ótima semana!
PS: Peço desculpas também por não possuir algumas imagens mais detalhadas sobre estes seres ou alguns vasos gregos, pelo significado deles, as imagens são literalmente inapropriadas para menores de 18 anos.
Escrito por Felipe M.

2 Response to "Não estou satirizando, são mesmo os Sátiros!"

  1. ɑɳiɳɦɑɑ e Iɑรɱiiiɳ. says:
    28 de novembro de 2010 09:20

    Hey. ADORO mitologia, principalmente a grega!
    Em parte pro causa de Percy Jackson...
    Adorey seu blog, to seguindo.
    Beju!
    Me visite.
    http://by-my-sefl.blogspot.com/
    Beju ;*

  2. Douglas Phoenix says:
    17 de maio de 2011 10:05

    Felipe, tenho uma contestação.
    Os Faunos não são de origem celta, mas sim latina, comuns na Mitologia Romana, figuras ditas protetoras dos segredos dos bosques.

Related Posts with Thumbnails