Duendes, travessos e prestativos

Bom dia caros visitantes humanos e com cabeça de abóbora (olá Jack)! Como vocês estão neste mais belo dia de Sexta-Feira?
Hoje, gostaria de falar um pouco sobre nossos amigos pequeninos e travessos; se já sabem qual ser estou me referindo, dê um berro e chame-os para ler esta postagem junto com vocês!
Quantas vezes não vemos em filmes ou até mesmo lemos nos livros sobre pequeninos "homenzinhos" tão travessos quanto a mais sadia criança? Seres tão mágicos e tão prestativos quando existe amizade entre eles ou com eles.
Qual a aparência de um Duende?
Como já de costume, poucos são os locais que relatam a aparência fiel dos Duendes; ao contrário do que vemos em filmes e muitas ilustrações de livros, eles não possuem a aparência de um ser humano por completo, mas podem se assemelhar muito conosco. A aparência deles, se descrevêssemos fielmente, poderia assustar até algumas crianças, eles possuem bolhas, verrugas, narizes grandes e muitos se vestem com folhas e até mesmo musgo (isso quando se vestem).
Como se originaram?
Os Duendes se originaram diretamente do elemento Terra, o que o torna exclusivamente um elemental (em uma hierarquia bem inferior aos Elfos). Quando o elemento Terra surgiu, ele criou seres mágicos que servissem como seus protetores e como seres que trabalhassem para o equilíbrio do mesmo elemento. Os Duendes não possuem ligação alguma quanto ao Fogo, Água, Ar e Espírito.
Duendes, seres mágicos:
Duendes, por serem puramente elementais, são automaticamente seres mágicos. Convivem no terceiro plano, o mundo mágico, podem transitar entre o mundo dos vivos e dos espíritos sempre que necessário e lhes é concedido a permissão para tal viagem para realizar seus afazeres e tarefas.
Características dos Duendes:
Eles são os seres mais numerosos da Terra, são a forma de "população" mais comum e em hierarquia mágica, está na base, sendo um ser de menores afazeres, servindo principalmente para proteção de plantas ou até mesmo mensageiros (em situações mais específicas).
Na sociedade celta, os Duendes eram tratados como crianças, porém, de forma respeitosa e com a consciência de que, por receberem o mesmo tratamento que crianças, eles eram muito mais que adultos, podendo destruir casas inteiras por serem desrespeitados (histórias reais aconteceram com casas na Irlanda).
Duendes são seres brincalhões, adoram pregar travessuras nas pessoas, principalmente com pessoas adultas. Estão entre os principais amantes da música e dos doces.
Moradia dos Duendes:
Duendes podem possuir vários locais como moradias. O mais comum em Duendes selvagens são tocas debaixo da terra, buracos de árvores e principalmente campos floridos. Duendes "domésticos" podem viver em vasos de plantas, jardins ou até mesmo armários de cozinha (casos mais raros).
Papael fundamental dos Duendes:
Duendes são mensageiros e principalmente protetores da Terra; quando o ambiente em que vivem está para ser destruído, eles que tomam o favor de proteger aquela área específica.
Ao contrário de Elfos, eles possuem locais específicos para tomarem conta; enquanto Elfos devem cuidar de todo o habitat (uma floresta inteira, um campo inteiro, etc), os Duendes possuem vastas áreas para proteger; e ao invés de um atuar sozinho, trabalham em grupos de dezenas.
Também ajudam no crescimento e saúde das plantas, assim como na plantação e germinação.
Existem Duendes fêmeas?
Os celtas nunca possuíram visões desiguais entre homens e mulheres; porém, os Duendes, como vários outros elementais, eram exclusivamente homens (ou machos).
Como não se reproduzem, não há necessidade de ambos os gêneros; a morte de um Duende é muito difícil de se acontecer, assim como é difícil matar uma floresta inteira em segundos; quando um Duende morre, automaticamente nasce outro em seu lugar, substituindo-o e mantendo o equilíbrio.
Sociedade dos Duendes:
Duendes vivem em sociedade, onde cada um possuir sua tarefa e ninguém está abaixo de ninguém, vivendo em igualdade e paz entre si. É comum serem encontrados em dezenas dentro de tocas ou outras moradias.
Cada área de um ambiente natural possui no mínim uma sociedade, onde cada uma conta com dezenas de integrantes.
Culto aos Duendes:
Os Duendes não recebem cultos nem rituais, um de seus deveres é levar a magia e a força da Terra para o ritual que o sacerdote pede a presença do Elemento, quando está nesta missão, são sempre acompanhados por um Elfo para sua proteção e controle para que não ocorra problemas ou que o sacerdote não use o poder de forma indevida.
Logo acima, disse que eram tratados como "crianças"; isso ocorre por sempre receberem agrados de doces e frutas mergulhadas no mel. Músicas eram tocadas em mesmo ritmo de músicas de ninar, algumas mais animadas; e por adorarem travessuras. A tradição dos doces em Samhain (Halloween) é principalmente voltada para os Duendes, onde eles estão livres para praticarem suas travessuras com quem quiserem, os doces lhes era como uma ocupação para não pregarem peças em uma casa.
Duendes domésticos:
Ao contrário dos outros seres elementais, os Duendes são os únicos seres que podem ser "domesticados". Apesar de viverem em sociedade com seus semelhantes, existem casos em que uma residência possui um Duende vivendo ali, raramente são encontrados mais que 1 em uma casa.
Por seres sociáveis, eles podem acabar por escolher no jardim ou vaso de planta de uma casa, as vezes até dentro da própria casa com as pessoas que lá vivem. Duendes em uma residência ajudam na vida das plantas, prosperidade monetária da família, alegria demasiada em diversos momentos, ausência de tédio por vários dias e eles são ótimos para encontrar objetos perdidos.
Mas atenção, Duendes possuem hábito de brincarem, e por viverem em uma casa, não irão reprimir a diversão; será comum você colocar um objeto de seu lado e poucos minutos ele ter ido parar em outro cômodo da casa. Quando um objeto some, é a forma que o Duende tem para pedir um agrado, quando ele se alimenta, ele devolverá o que escondeu.
OBS: Duendes se mudarão para sua casa se desejarem, não se mudam por desejo do morador.
Duendes na atualidade:
Atualmente os Duendes perderam um pouco do seu campo de conhecimento entre a cultura humana. Aparecem em alguns contos e raramente em livros. Em contos celtas, eram muito retratados como "anões" pela capacidade de crescerem através de magia até o tamanho de um polegar.
Um filme que retrata bastante os duendes é o filme "As Crônicas de Spiderwick", onde o Duende Tibério é um exemplo muito fiel de Duendes domésticos, tanto a paciência como a fúria.
Enormes abraços e um ótimo fim de semana para todos!
Escrito por Felipe M.

2 Response to "Duendes, travessos e prestativos"

  1. Jorge Nectan says:
    6 de julho de 2011 14:13

    Interessante os assuntos que postas. Sempre bom aprender assuntos novos.
    Voltarei mais vezes.

    Abraços!

  2. socorro gomes Says:
    18 de novembro de 2015 18:01

    achei muito interessante seus comentários sobre duendes,e como você aprendeu tudo isso sobre eles,alem de estudos é claro?você já viu um duende de perto?possui um? eles existem mesmo? aqui no brasil ja houve algum relato da existência de algum duende ou gnomo você sabe? e como faço para ter um? aguardo sua reposta


    socorro gomes

Related Posts with Thumbnails